PERSPECTIVAS SOBRE A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA CRÍTICA: INVESTIGANDO CONTEXTOS ATUAIS DE ENSINO

EDUCAÇÃO MATEMÁTICA CRÍTICA: CONTEXTOS E TENDÊNCIAS ATUAIS

Autores/as

  • Ivonete Melo de Carvalho Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS)
  • Airton José Vinholi Júnior Instituto Federal de Mato Grosso do Sul

Palabras clave:

Ensino de Matemática, Revisão Crítica, Educação Matemática Crítica, Disciplinas matemáticas

Resumen

De fato, em matemática, o Brasil tem sido alvo de constantes críticas de dois estudiosos e pesquisadores da área. A cada ano, os índices de aprendizagem mostram que os dois alunos estão mais comprometidos ou insuficientes, e a disciplina do conhecimento implica, muitas vezes, na evasão do aluno. A maior parte das causas defendidas pelos teóricos brasileiros não são entendidas como "academicismo", que qualifica a disciplina de matemática e é desenhada, não o contexto da sala de aula, para a sala de aula. Nesse sentido, este estudo busca traçar um panorama de trabalho recente publicado, publicado em 2020, que discute a Educação Matemática Crítica como uma possível solução para ou mitigadora do problema da aprendizagem da disciplina, fundamental na formação da cidadania.

Biografía del autor/a

Ivonete Melo de Carvalho, Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS)

Estudante de Especialização em Educação profissional, científica e Tecnológica do IFMS

Airton José Vinholi Júnior, Instituto Federal de Mato Grosso do Sul

Doutor em Educação. Mestre em Ensino de Ciências. Professor de Biologia do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul

Citas

Brasil (2018). PISA 2018 revela baixo desempenho escolar em leitura, matemática e ciências no Brasil. Ministério da Educação. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira.

D’Ambrósio, U. (1998). Etnomatemática: arte ou técnica de explicar e conhecer. 5.ed. São Paulo, SP: Ática, 1998.

Dias, D. P. P., Vinholi Junior, A. J. (2020). Estratégias, finalidades e contribuições da entomologia no ensino de ciências e biologia. Revista Didasc@alia, v. XI, n. 1, p. 126-139.

Littig, J., tech, A; Alves, L. C. (2018). A educação matemática crítica nas aulas de matemática em escolas estaduais do Espírito Santo: uma reflexão a partir das narrativas dos professores. Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v.20, n. 2, p. 1-19.

Marin, G. R. B., Vinholi Júnior, A. J. (2020). Produção científica sobre o ensino de genética no Brasil: uma análise de teses e dissertações (2004-2019). South American Journal of Basic Education, Technical and Technological, v. 7, n. 2, p. 922-944.

Passos, C. M. (2008). Etnomatemática e educação matemática crítica: conexões teóricas e práticas. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Minas Gerais, Brasil.

##submission.downloads##

Publicado

2021-04-30

Cómo citar

Carvalho, I. M. de, & Vinholi Júnior, A. J. (2021). PERSPECTIVAS SOBRE A EDUCAÇÃO MATEMÁTICA CRÍTICA: INVESTIGANDO CONTEXTOS ATUAIS DE ENSINO: EDUCAÇÃO MATEMÁTICA CRÍTICA: CONTEXTOS E TENDÊNCIAS ATUAIS. Didasc@lia: Didáctica Y educación ISSN 2224-2643, 12(2), 32-43. Recuperado a partir de http://revistas.ult.edu.cu/index.php/didascalia/article/view/1120

Número

Sección

Artículos